COM BRAIT INSPIRADA, VÔLEI NESTLÉ SE REABILITA E VENCE SÃO CAETANO FORA DE CASA

Após derrota surpreendente para o Equibrasil/Rio do Sul fora de casa, o Vôlei Nestlé reassumiu a postura de time grande e voltou a vencer na Superliga.

 Foto: João Neto/Fotojump

O clássico paulista foi em São Caetano do Sul, no ginásio Lauro Gomes. E apesar da torcida pesar mais para o lado são caetanense, o Vôlei Nestlé conseguiu uma vitória folgada.

No time da casa iniciaram a partida a levantadora Ana Maria, a oposta Lia Castro, as ponteiras Thaysinha e Sonaly, as centrais Andressa e Larissa , e a líbero Silvana. Já a equipe de Osasco entrou em quadra com a levantadora Dani Lins, a oposta Lise Van Hecke, as ponteiras Gabi e Ivna, as centrais Thaísa e Adenízia e a líbero Camila Brait.

A partida não foi considerada morna, sem grandes placares, mas foi marcada por uma marca histórica da central e capitã Thaísa, ela comemorou nada mais e nada menos que 300 aces na Superliga, um número memorável para a jogadora que se mostrou feliz com a conquista. Além disso, Thaísa elogiou o trabalho em equipe realizado na partida e disse que as coisas tendem a melhorar.

Foto: João Neto/Fotojump

A maior pontuadora da partida foi a ponteira Ivna que se adaptou à posição e marcou 16 vezes, porém, a líbero Camila Brait deu show e foi escolhida pelo público de casa a melhor da partida, levando pra casa o troféu Viva Vôlei.


 Apesar da vitória, a equipe de Osasco não subiu posição na tabela de classificação, ou seja, permanece em quarto lugar, atrás apenas do líder Dentil/Praia Clube,  o vice-líder Rexona/Ades (que está com uma rodada a menos) e do terceiro colocado Camponesa/Minas.

Confira a galeria completa da partida. Fotos: João Neto/Fotojump











 
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário