RUSSIA SOFRE MAS VENCE POLÔNIA DE VIRADA NA ESTREIA NA QUALIFICATÓRIA OLÍMPICA EUROPEIA

Em um jogo acirradíssimo, a forte Rússia precisou mexer bastante na equipe para virar o jogo pra cima das polonesas por 3 sets a 2 com as parciais (19/25, 25/18, 25/22, 25/14 e 15/11). Teve estreia oficial da ponteira experiente Sokolova e a levantadora idolatrada pelos russos Startseva mostrou que está na luta pela titularidade não só no Quali Europeu como nas Olimpíadas caso a Rússia se classifique.


Foto: CEV

A formação inicial da equipe da Polônia foi as ponteiras Werblinska e Jagielo,  a oposta Skowronska, as centrais Polanska e Pycia a levantadora Wolosz.

Já a Rússia entrou em quadra com a capitã e levantadora Kosianenko, a oposta Goncharova (Obmochaeva), as ponteiras Kosheleva e Shcherban, as centrais Zaryazhko e Fetisova e a líbero Malova.

No primeiro set, o time russo parecia apático e não fez boa parcial. Ainda nesse set, foram feitas alterações na equipe, a inversão 5-1 com a entrada da levantadora Startseva e da oposta Malykh no lugar de Kosianenko e Goncharova. Além disso, a central Lyubushkina que estava machucada e havia virado dúvida para o torneio, entrou no lugar da central Fetisova na hora do saque e desde então não saiu mais.

Apesar das mudanças, o time russo permaneceu sendo massacrado e as polonesas abriram uma parcial de 23/13. A ponteira mais experiente da equipe Sokolova foi acionada para substituir Kosheleva que ficou descontente com a substituição. Após outro set perdido, mais mudanças foram feitas, a levantadora Startseva permaneceu como titular até o fim da partida, e a oposta Goncharova voltou para a equipe. Kosheleva também retornou à equipe e assumiu a linha de passe junto à Shcherban.

Já no terceiro set, a equipe russa finalmente acordou e foi correr atrás do placar, aplicando um 25/22 para permanecerem vivas na partida. No quarto set, com um time entrosado e paciente, elas izeram uma parcial ainda melhor sem dar espaço para as polonesas e venceram por 25/14, levando então a partida para o tie-break.

No tie-break, a energia russa parecia ser maior que a polonesa, não só pelo empate histórico que haviam conseguido e sim pela confiança que elas obtiveram para vencer a partida de estreia. E foi exatamente assim, as russas jogaram o seu melhor voleibol e venceram o tie-break sem susto por 15/11.

Após a vitória dramática, as russas comemoraram como se fosse um título essa primeira vitória no Quali Europeu. Agora, elas devem ficar de olho no próximo duelo, Turquia x Croácia.

Confira a galeria de fotos da partida - Fotos: CEV









Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário