Com direito a desfile de uniformes, Vôlei Nestlé vence Terracap/Brasília e larga na frente dos playoffs

Com apoio da torcida apaixonada e desfile de uniformes para entreter o público, a equipe de Osasco cumpriu a lição de casa

No ginásio José Liberatti, na cidade de Osasco, o Vôlei Nestlé recebeu o Terracap/Brasília pra primeira partida válida pela fase de playoffs da Superliga Feminina. As donas da casa venceram a partida por 3 sets a 0 com as parciais (25/19, 25/21 e 25/18).

Foto: João Pires/Fotojump

A vitória foi de grande importância para a equipe paulista que buscava se entender com sua torcida apaixonada e trazer um bom resultado na fase de mata-mata do torneio. Agora, elas tem como objetivo uma preparação maior já que o próximo jogo será na cadas das adversárias que também possui uma torcida de peso.


 Meninas comemoram a importante vitória. Foto: João Pires/Fotojump

Antes do início da partida, a Nestlé ofereceu aos torcedores um desfile com todos os uniformes utilizados na história do patrocinador no esporte. 

Foto: João Pires/Fotojump

SOBRE O JOGO

O Vôlei Nestlé iniciou a partida com as centrais Thaisa e Adenízia, as ponteiras Gabi e Carcaces, a oposta Ivna, a levantadora Dani Lins e a líbero Camila Brait. Já a equipe candango foi pro jogo com as centrais Vívian e Roberta, as ponteiras Paula Pequeno e Amanda, a oposta Bárbara, a levantadora Macris e a líbero Sassá, que intercalava a posição com a Vitória.

No primeiro set, as donas da casa lideraram, chegando a abrir 7 a 1 na parcial e ditando um ritmo de jogo que era totalmente a seu favor. A equipe brasiliense reagiu apenas no final do set, aplicando alguns pontos de bloqueio e contra-ataque. Porém, a reação não foi suficiente para impedir a derrota no primeiro set por 25/19.

Foto: João Pires/Fotojump

Na virada do primeiro para o segundo set, o técnico da equipe de Osasco Luizomar de Moura passou mal e teve que ser encaminhado para o departamento médico do time, que achou melhor levá-lo, posteriormente, para o hospital a fim de checar os dados cardíacos dele. O médico da equipe tratou de tranquilizar a família do técnico "O Luizomar está consciente e com a pressão estável. Tivemos que removê-lo para o hospital para uma melhor avaliação do quadro de tarquicardia que apresentou."

Foto: João Pires/Fotojump

Passado o susto, iniciou-se o segundo set já que foi uma coisa mais pegada, onde os dois times mediram força e acabavam andando juntos com o placar. Até que a equipe de Osasco, agora comandada por Jefferson Arosti, passou a se impor novamente na partida, desequilibrando o Brasília a fechando a segunda parcial em 25/21.

Jefferson comemorando ponto osasquense Foto: João Pires/Fotojump

A maré boa permaneceu até o fim da partida, onde as osasquenses conseguiram ser maiores e segurar o placar a seu favor, vencendo a última parcial por 25/18.

As atletas receberam um belo presente após a vitória, uma chuva de balões coloridos cercaram-nas e completaram a festa paulista nessa noite. A ponteira cubana Kenia Carcaces foi eleita pelo público a melhor jogadora em quadra e levou pra casa o troféu Viva Vôlei, comemorando bastante com suas colegas de time.

Carcaces posa com seu troféu Viva Vôlei Foto: João Pires/Fotojump

A partida de volta está marcada para a próxima segunda-feira e será no ginásio do Sesi Taguatinga em Brasília, a partir as 21 horas e 30 minutos com transmissão ao vivo do canal Sportv.

Confira a galeria de fotos da partida. Fotos: João Pires/Fotojump












Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário