Emanuel encerra a carreira nas areias do Rio de Janeiro e é ovacionado pela torcida e família

Após 25 anos servidos ao Vôlei de Praia, o maior ídolo brasileiro aposentou-se diante da torcida e da família no Rio de Janeiro

O multi campeão Emanuel Fernando Scheffer Rego anunciou sua aposentadoria há alguns dias através de uma emocionante reportagem na televisão. Durante a entrevista, o atleta de 42 anos havia comunicado que o Grand Slam no Rio de Janeiro seria realmente a sua última competição. E assim o fez, após a derrota na fase de grupos e não ter conseguido avançar para a fase eliminatória ao lado de seu parceiro Ricardo, Emanuel deixou de vez as quadras como jogador profissional.

 Foto: FIVB

Em meio à torcida que o idolatra e sua família, Emanuel deixou as quadras bastante emocionado e fez um breve discurso para a torcida que o ovacionava. Sua esposa Leila também não conteve as lágrimas e se deixou levar pela emoção que dominou aquela arena. Atletas de todo o mundo o cumprimentaram e expressaram sua gratidão e admiração pelo maior jogador de Vôlei de Praia de todos os tempos.

Foto: FIVB

Segundo ele, a aposentadoria não tem muito a ver com a sua forma física, a qual ele afirma estar bastante em forma. O verdadeiro motivo vem de seu próprio legado, ele é extremamente campeão, iniciou cedo a carreira no Vôlei de Praia e aproveitou isso de forma gloriosa. Agora é hora de parar e priorizar outras coisas.

O ídolo brasileiro estreou nas areias em 1991, quando ele se dividia entre quadra e praia, ainda defendendo uma equipe paranaense de vôlei de quadra. Quando ele finalmente decidiu dedicar-se somente à praia, sua carreira deslanchou e logo ele foi se tornando um grande competidor. Emanuel realmente já foi campeão de tudo nas areias, além de ser respeitado internacionalmente.

Pai de dois garotos e marido exemplar, ele quer agora dedicar-se somente à sua família que sempre o apoiou. Mas já deixou bem claro que não irá abandonar o cenário de voleibol, ele apenas não atuará mais como jogador profissional.

Foto: FIVB

Junto a André Heller, ele montou uma chapa para concorrer às eleição da Confederação Brasileira de Voleibol, com o objetivo de melhorar a estrutura do voleibol brasileiro com mais ideias e inovações.

Emanuel fez história como atleta exemplar e campeão, representou o Brasil como ninguém jamais o fez durante tantos anos. Sem dúvidas, sua história ainda será lembrada e comentada por várias gerações.

Foto: FIVB

Relembre um pouco dos pódios e prêmios individuais conquistados por Emanuel:

Pódios
(Fonte: Wikipedia)

Prêmios Individuais
  • Eleito 'Melhor Jogador' dos Jogos Olímpicos (2004)
  • Escolhido 'Atleta da Última Década do Século' pela FIVB
  • Eleito 'Melhor Jogador' do Circuito Mundial (20062011)
  • Eleito 'Melhor Jogador' do Campeonato Mundial (2003)
  • Eleito 'Jogador Mais Inspirador' do Circuito Mundial (2011)
  • Eleito 'Personalidade do Ano' do Circuito Mundial (200520102011)
  • Eleito 'Melhor Jogador' do Circuito Brasileiro (200320042010)
  • Eleito 'Melhor Atacante' do Circuito Brasileiro (19992003)
  • Eleito Prêmio Brasil Olímpico Vôlei de Praia (COB - 200320042011)
  • Rei da Praia (200420052008)
  • Eleito 'Vulto Emerito' da Cidade de Curitiba (2003)
  • Eleito 'Rookie of the Year' do Circuito Americano AVP (1998)
  • Titulo de Cidadão Carolinense MA (1997)
  • Titulo de Cidadão Pessoense PB (1996)
(Fonte: Wikipedia)
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário