Após ataque terrorista em Nice, Goncharova dispara: "Não me atrevo a sair da Vila Olímpica"

A oposta russa disse que prefere se concentrar na Vila Olímpica a passear na cidade e correr riscos

Faltando menos de 20 dias para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, a estrela russa Natalia Goncharova já deixou seu recado sobre a situação complicada que vive o mundo. Em entrevista à impressa russa, ela falou sobre a possibilidade de toda delegação russa ser banida das Olimpíadas do Rio, que já não procede mais e afirmou que não pretende sair da Vila Olímpica durante os jogos porque se sentirá mais segura por lá. 

 Foto: FIVB

Em geral, a oposta maior pontuadora do Grand Prix foi sensata e tranquila, uma vez que ela não acredita em ataques terroristas no Brasil, mas não irá passear na cidade por precaução, ficando então, "trancada" na Vila Olímpica.

A delegação russa de vôlei feminino desembarca no Rio de Janeiro no dia 28 de julho, uma quinta-feira, e tem dois amistosos marcados antes das Olimpíadas, um contra o Brasil e outro contra a Holanda. Já o primeiro desafio olímpicos das russas será no dia 6, contra a Argentina.

Foto: FIVB

Confira um trecho da entrevista:

Durante o Grand Prix, você chegou a pensar que a Rússia banida dos Jogos Olímpicos? (pergunta feita em relação à punição por doping)

NG: Francamente, esta é a primeira vez que ouço sobre tal coisa. Portanto, em Bangkok eu não pensei em nada. Mas essa ameaça realmente existiu, e é o cúmulo da injustiça. Os Jogos Olímpicos devem sobressair todos aqueles que têm merecido nesse direito. Conquistamos a vaga para o Rio no início do ano. Nada foi violado. Não temos nada a ser punido.

Recentemente, no Brasil um terrorista foi preso por planejar um ataque contra a delegação francesa no Rio de Janeiro, e houve um terrível ataque terrorista ocorrido em Nice esta semana. A ameaça da repetição de algo semelhante na capital dos Jogos Olímpicos, infelizmente, é mais do que real. Os representantes dos serviços especiais russos já estão conduzindo algum propósito de instruções de como se comportar no Rio?

NG: Primeiro de tudo, eu expressar as minhas condolências aos familiares e amigos das vítimas em Nice. Tragédia terrível... Eu confio que as autoridades brasileiras tomará todas as medidas adequadas, e explosões e assassinatos não vão acontecer no Rio. Já sobre as instruções, este assunto não foi levantado. Por precaução, eu não vou caminhar ao redor da cidade durante o tempo dos Jogos Olímpicos. Mas após o ataque terrorista em Nice, em vez de a Vila Olímpica, acho que não há mais um ataque à vista ainda.



Compartilhe no Google+

About Letícia Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário