Saiba todos os detalhes do Mundial de Clubes feminino 2016

Com direito a grupo da morte e grandes estrelas, o Mundial de Clubes promete ser um torneio e tanto

A competição de clubes internacionais mais importante do ano já tem data, lugar e grupos definidos. Disputado em Manila, nas Filipinas entre os dias 18 e 23 de outubro, esta edição contará com 8 equipes divididas em 2 grupos com 4 integrantes cada. O favorito ao título continua sendo o atual campeão Eczacibasi VitrA, principalmente agora que está mais reforçado.


No grupo A estarão o filipino PSL All Star, que seriará o torneio, o convidado turco e atual campeão Eczacibasi VitrA, o tailandês campeão asiático Bangkok Glass, e o brasileiro campeão Sul-americano Rexona/Sesc. Já no grupo B, considerado grupo da morte e mais disputado, estão o convidado japonês Hisamitsu Springs, o convidado turco Vakifbank, o italiano campeão europeu Pomi Casalmaggiore e o convidado suíço Volero Zurich.
 
Apenas dois times de cada grupo avançam para as semifinais, onde o primeiro colocado do grupo A enfrenta o segundo do grupo B, e o primeiro do B enfrenta o segundo do A. Dados esses cruzamentos, teremos os finalistas e os candidatos à medalha de bronze.

Os critérios de classificação da fase de grupos é: maior número de vitórias, maior número de pontos, números de sets vencidos, número de pontos marcados e resultado do último jogo entre as equipes empatadas.

Eczacibasi VitrA, atual campeão do torneio. Foto: FIVB

Não há informações se algum canal brasileiro irá fazer transmissão ao vivo dos jogos. A probabilidade é que, além do canal oficial da FIVB no YouTube, alguns sites de stream façam transmissão pela web.

EXPECTATIVAS PARA O TORNEIO

No primeiro grupo, onde está situado o Rexona/Sesc, dá para ser bastante positivo em relação ao desempenho do clube brasileiro, que terá como pedreira apenas o Eczacibasi, de feras como a ponteira e MVP da última edição Jordan Larson a ponteira russa Kosheleva, a central bicampeã olímpica Thaisa, a central norte-americana Rachel Adams dentre outras atletas.

Enquanto no segundo grupo, a classificação para as semifinais será um tanto mais sangrenta. Com 4 times de grande escalão internacional, a briga será boa mas o favoritos continuam sendo o turco Vakifbank e o suíço Volero Zurich.
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário