Vôlei Nestlé leva partida contra Pinheiros pro golden set e se consagra pentacampeão paulista

O jogo foi marcado pelo domínio da equipe de Osasco e destaque para Tandara e Borgo

Neste domingo (23), aconteceu a segunda partida da grande final do campeonato Paulista entre as equipes do Vôlei Nestlé e E.C.Pinheiros. No primeiro duelo, as pinheirenses haviam levado a melhor por 3 sets a 1. Já hoje, foi a vez das osasquenses revidar e aplicar 3 sets a 0 com as parciais (25/19, 25/15 e 25/19), forçando então o golden set. Nesse set desempate, bastante disputado, a tradição de Osasco rodeado pela torcida foram essencial para as donas da casa vencerem por 25/19.

Foto: João Pires/Fotojump

Com a essa vitória, o Vôlei Nestlé conquista o pentacampeonato paulista e faz história diante da torcida no ginásio José Liberatti, em Osasco.

  Foto: João Pires/Fotojump

SOBRE O JOGO

Durante a partida comum, que resultado em 3 sets a 0 para o Vôlei Nestlé, domínio total da equipe de Osasco, que não deu espaço para o Pinheiros formar uma base agressiva. No primeiro set, destaque absoluto para a ponteira Tandara que pontuou em diversos fundamentos.

Em seguida, o destaque passou a ser a central Bia, que apelidada de paredão, fez jus a isso e aplicou vários pontos de bloqueios. Com a ajuda da mão calibrada da levantadora Dani Lins, o Osasco crescia e não desperdiçava virada de bola. O Pinheiros tentava reagir com belos ataques de Bárbara e Mimi Sosa, mas não foi suficiente para vencer o segundo set.

 Foto: João Pires/Fotojump

No terceiro e último set do jogo, a sérvia Malesevic deu lugar a Gabi. A capitã entrou e ajudou a estabilizar o passe, usando sua experiência para ajudar a equilibrar novamente a partida. A presença de Paula Borgo foi essencial para o time da casa, a jovem oposta, que tem feito uma excelente campanha em todo o torneio, anotou seu nome em vários pontos do jogo. Deu tudo certo para a equipe de Osasco que, movida pela torcida, chegou com moral para o set desempate.

O GOLDEN SET

Novo set, nova decisão. Esse foi o pensamento do Pinheiros quando entrou em quadra para o set desempate. Saindo na frente desde início chegando a abrir 3 pontos de vantagens, elas fizeram o Vôlei Nestlé se sentir pressionado pela primeira vez na partida. Antes da primeira parada técnica, o Osasco já havia se estabilizado e corrido atrás do placar, passando à frente pela primeira vez. Depois daí, o jogo seguiu altamente equilibrado. Novamente com Bia fazendo a diferença no bloqueio, o Osasco voltou a liderar o golden set, aumentando a pressão na equipe pinheirense e mexendo com a energia do ginásio lotado.

Foto: João Pires/Fotojump

O técnico do pinheiros tentava, a todo custo, fazer sua equipe voltar a render tanto quanto na partida anterior, mas a sintonia do Osasco já liderava a partida junto com a força da torcida. Tandara queria deixar sua marca, e bastante acionada por Dani Lins contribuía muito para a alavancada no placar. Sem mais delongas, da mãos de Gabi pela entrada de rede saiu o última bola do jogo, com um ataque explorado, fechando o golden set em 25/19.
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário