Confira o desempenho das brasileiras na Champions League

Chegado o fim da fase classificatória, brasileiras fazem bonito no exterior

A Liga dos Campeões realizada pela CEV (Confederação Europeia de Voleibol) revela e lapida grandes estrelas, dentre elas, algumas brasileiras. Nessa temporada, o Brasil ganhou destaque na posição de central, ponteira e levantadora, tendo algumas atletas pontuando bem nas estatísticas da competição.



Esses números poderiam ser até mais altos caso não houvesse situações como pequenas lesões ou atletas poupadas após obter a classificação antecipada, que é o que aconteceu com Thaisa e Natália, que integram também a seleção brasileira.

O primeiro destaque vai para a bicampeã olímpica Thaisa, que recém chegada no Eczacibasi VitrA, ajudou a equipe a conquistar o bicampeonato mundial e segue sendo uma das maiores pontuadoras do clube, mesmo tendo sofrido uma leve lesão no joelho durante o último mês. Atualmente ela ocupa a 28ª posição na tabela de pontuação com 75 acertos, sendo então a brasileira mais bem colocada no torneio.

Foto: FIVB

O segundo destaque vai para a ponteira campeã olímpica Natália Zílio, que na sua primeira temporada fora do país têm conquistado fãs pelo mundo. Ao lado de Kim, ela levou o Fenerbahçe ao primeiro lugar geral na classificação para os playoffs 6 da Champions League. Colocando 66 bolas no chão, ela ocupa a 35ª posição no ranking de maiores pontuadoras.



Em seguida, mais uma brasileira vem chamando atenção por seu desempenho, a ponteira Samara. Recém contratada do Alba Blaj, da Romênia, a atleta de 24 anos pontou 65 vezes e foi uma das responsáveis pelo avanço de seu clube para o Round 4. Apesar de não ter conseguido a classificação para os playoffs 6, ela termina a competição com destaque nas estatísticas ocupando a 36ª colocação. 



Completando esse ranking, o Volero Zurich, da Suíça, possui duas brasileiras no elenco. A primeira é a experiente levantadora da Fabíola, que tem total confiança do técnico e é titular absoluta na equipe. Mesmo sem ser uma atleta de definição, a "brazuca" somou 13 pontos e ocupa a 187ª colocação na tabela.



Por fim, a última atleta brasileira que aparece nas estatísticas é a ponteira Mari Paraíba. Desde sua ida ao clube suíço a atleta não tem feito grandes aparições e não possui titularidade. Geralmente Mari é utilizada no fundo de quadra para aumentar o poder de recepção do Volero Zurich. Assim, ela computou apenas 1 ponto e ocupa a 292ª colocação.


Das atletas destacadas, 4 seguem na disputa da Champions League, Thaisa, Natália, Fabíola e Mari Paraíba. Os números deverão ser alterados e o ranking das maiores pontuadoras também. A próxima fase está marcada para o final de março sendo finalizada em abril antes do Final Four.
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário