Em revanche, Brasil atropela Alemanha e conquista Montreux

Após 4 anos sem título, Brasil quebra jejum e conquista 7º título

Na manhã deste domingo (11), a seleção brasileira feminina conquistou mais um título no Montreux Masters. Diante da Alemanha, em uma revanche do duelo que ocorreu na fase de grupos, as brasileiras levaram a melhor por 3 sets a 0 com as parciais de 25/21, 25/19 e 25/20.

Foto: Montreux Masters

O Brasil não conquistava o título em Montreux desde 2013, onde a base da equipe era toda experiente e contava com atletas bicampeãs olímpicas. Agora, com elenco renovado mas com o mesmo técnico, a seleção brasileira volta ao lugar mais alto do pódio com a missão de aperfeiçoar seu entrosamento.

Foto: Montreux Masters

A próxima competição internacional do Brasil é o Grand Prix. Comandadas por José Roberto Guimarães, as garotas devem retornar a sua rotina de treinamentos em Saquarema.

Foto: Montreux Masters

Durante o Montreux Masters, algumas brasileiras se destacaram, dentre elas, a oposta Tandara, que apesar de não ter faturado prêmio individual, era a bola de segurança do Brasil. Na reta final, o trabalho das centrais Carol e Adenízia tomou mais importância, principalmente no fundamento de bloqueio. A ponteira Rosamaria também cresceu no decorrer dos jogos, onde ganhou mais oportunidade e foi a maior pontuadora da final, com 15 acertos.

Foto: Montreux Masters

Confira a premiação individual:

Melhor levantadora - Roberta (Brasil)
Melhor líbero - Lenka Durr (Alemanha)
1ª Melhor central - Carol (Brasil)
2ª Melhor central - Marie Scholzel (Alemanha)
Melhores ponteiras - Paula Nizetich (Argentina) e Natália (Brasil)
MVP - Carol (Brasil)
Compartilhe no Google+

About Juliana Amaral

Brasileira e alagoana. Proprietária e Redatora da United for Volley, estudante de Jornalismo e Design Gráfico, jogadora de voleibol e amante de música pop.

0 comentários:

Postar um comentário